quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Parando o trânsito

Agora pouco, no SRTVS, aguardava um taxi me buscar em meio aquele caos. Muitos carros, nenhuma vaga, gente estacionando ao longo do meio fio (onde é proibido), vias que seriam mão dupla viram mão única por conta disso, muita buzina, gente se xingando, enfim. Para quem mora em Brasília isso é conhecido lá no setor de rádio e tv e muitos outros.

Eis que quando olho para frente, do outro lado da rua vem uma menina linda. Belíssima. Daqueles que parecem que saíram de um comercial de xampu: balançando o cabelo de um lado para o outro, colocando os óculos escuros. Blusa branca justa realçando o busto, calça jeans apertada, sapato alto. Ela para na calçada e imediatamente (e bruscamente) O - para frisar bem que era um homem - motorista freia para ela passar.

A partir daí, passei a observar a reação dos demais. O motorista de trás chegou a cutucar o colega ao lado para olhar a passante. No terceiro carro da fila, o rapaz botou a cabeça para fora do vidro para observar melhor. O quarto, como já não tinha uma boa visão buzinou.

A travessia da moça deve ter levado uns dez segundos, mas pareceu que ela estava em câmera lenta. Bem coisa de comercial mesmo, sabe? Chegando ao outro lado da rua, ela entrou no banco do passageiro do carro que estava parado bem na minha frente. Uma senhora dirigia o veículo. O primeiro carro que havia parado para ela atravessar passou.

Quando foi abrir a porta ela parou, olhou para trás para ver se tinha espaço. O rapaz do segundo carro e seu companheiro pararam. Deixaram que ela abrisse a porta e entrasse com calma. Eles passaram.

Ela colocou a mão para fora e pediu passagem. O terceiro carro (daquele que colocou a cabeça para fora) deixou e ela se foi. O cara passou por mim e disse: "que gostosa, hein?". Eu só pude concordar com um aceno de cabeça. Acho que foi daí que nasceu a expressão "é uma mulher de parar o trânsito".


PS: O detalhe é que quando meu taxi chegou e travou o trânsito para eu entrar ninguém foi gentil. O buzinaço só aumentou...

4 comentários:

Glayce disse...

hehehehe, e eu jurava que esse post iria terminar com o atropelamento da moça... Foi o que eu presenciei terça em frente ao pátio brasil!

Ótimo Domingo!

Iêda disse...

Sei bem como é parar o transito. Já aconteceu várias vezes comigo....























Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Leandro Galvão disse...

Também, com essa pança de 8 meses de gestação, como você iria parar o trânsito?

Sem mais para o momento.

P.S.: A Ieda tá mascando hein! Que marra!

Eduardo Telles disse...

Pergunta pertinente: Vc já tentou usar uma calça jeans apertada e uma blusa branca realçando seu busto??? Aposto que vc pararia o transito também... Apenas os motivos que seriam outros!!! hehe