sexta-feira, 9 de julho de 2010

Martha Medeiros - Bastidores

Pois bem, contei ali abaixo sobre minha experiência no evento com a Martha Medeiros, escritora gaúcha, mas como o texto foi publicado aqui e no Drops Culturais, não dava pra contar todos os pormenores.

Porque além de mim, que sou fã dela, minha irmã Priscila também foi ao evento. E se eu digo que sou fã, posso dizer que a Pri é... tem um aumentativo, muito aumentativo pra fã? Fanzassa? Fanzona? Mega fã? Super fã? Enfim, juntem todos esses e cheguem ao sentimento dela pela Martha Medeiros. Quando eu soube que ia ter esse encontro, perguntei à Pri se ela já sabia. A resposta dela foi: "Pode cair o mundo que eu estarei lá." E ela foi mesmo. Não conseguiu chegar tão cedo, mas guardei lugar na fila.

O mais bacana é que ela foi representando um grupo de umas 9 ou 10 amigas, todas ultra fãs (somem mais esse lá em cima) da escritora gaúcha. As outras gurias não conseguiram ir. Trabalho, aniversário do pai, umas moram fora... mas a Pri foi, levou flores, fez pergunta, pegou autógrafo e escreveu um bilhete de umas 15 páginas contando toda a história do grupo e o por quê delas admirarem tanto as palavras escritas pela Martha. O bilhete incluía, inclusive, um convite para que ela volte à Brasília para participar de um encontro anual que reúne todas as amigas no fim do ano.

Era visível a emoção da minha irmã e, por conhecer as outras meninas, podia imaginar a aflição de quem não estava lá. Mas acho que elas foram bem representadas. Eu, claro, embarquei na onda e também tirei foto.


Eu, Martha e as flores dadas pela minha irmã


Update de última hora: A Martha Medeiros mandou um e-mail pra minha irmã ontem! Ela faltou morrer do coração. Ligou pra todas as amigas pra contar e elas choravam ao telefone de tanta emoção. Quero ver se ela vai topar vir à confraternização delas no fim do ano. Aí o mundo pode acabar.

7 comentários:

Morceg@ disse...

Tudo bom Paulo?
Sou muito fã da Martha e tb fui no CCBB nesse dia. Vi tua irmã falar lá e achei o maior barato! Vou te falar, adoro, sou viciada em livros. Me emocionou com a atitude da tua irmã. A gente vê toda hora gente morrendo por atores, cantores e toda sorte de artista, mas conhecer fãs assim de escritores é muito raro! Manda um beijo e meus parabéns pra tua irmã :)
Vivian

Paula Barros disse...

Que legal!!!

beijo

maria neusa disse...

Sabe,Paulo.... só lendo as poesias,as crônicas e os romances dessa escritora gaúcha pra entender por que somos,todas as mulheres que a conhecem,suas tietes incontroláveis,apaixonadas.Bom ler seu texto.Bom saber da homenagem da sua irmã.Beijos tb tietes da maria neusa

Morillo Carvalho disse...

Paulinho, muito legal essa história, e eu torço para que dê tudo certo, a Martha venha no final do ano e a Pri e suas amigas fiquem ainda mais felizes. E vamos fazer o mesmo quando o Marçal Aquino estiver por aqui?

Anônimo disse...

Nossa Paulinho... se ela vier no final do ano. O MUNDO ACABA MESMO! ahahahahah Adorei os dois textos que vc escreveu sobre ela! Vc é demais! bjs e obrigada por tb nos representar e ajudar a realização do nosso sonho! Talitinha

Alessandra Flach disse...

Eu também amooo a Martha. Tenho quase todos os livros autografados, como toda boa fã deve fazer. Mas me senti a fã mais relapsa. Como assim ela veio pra cá e eu não soubeeeee???? Pode dizer aí pra Pri que entro nesse fã-clube dela a qualquer momento e que, se ela vier pra essa confraternização e eu não for chamada, me mato. E tenho dito. hahahahaha beijooooos

disse...

Ai ela é o máximo!

Seguido encontro ela no Super, ela mora perto da minha casa!

Tenho todos os livros autografados!