terça-feira, 13 de maio de 2008

Ginástica

Eu odeio academia. Ontem, pela enésima vez em minha vida, voltei para a academia. Minha condição de saúde exige que eu tenha uma atividade física regular, portanto, tive que voltar. Mas eu preciso dizer, odeio academia.

Confesso que onde malho, ainda tenho algumas vantagens, como ser próximo da minha casa, ter várias pessoas que conheço e o professor ser meu melhor amigo. Mas mesmo assim, eu detesto academia.

Aquilo é uma competição. Por mais que as pessoas ali se conheçam, tudo é muito artificial. Quem tem o braço maior, a bunda mais redonda, o tênis mais bonito, o ipod mais moderno, a camisa dry fit de última tecnologia. Que saco!

E a sala das esteiras? Cada um na sua, correndo não sei pra onde, com seu fone no ouvido. As três televisões ficam cada uma em um canal. Mas só uma tem som e logicamente é a que está passando a novela da globo. Mas ninguém presta atenção na tv. Todo mundo está com seu próprio som no ouvido.

Ninguém interage. Ninguém dá boa noite. Ninguém vira para o lado e pergunta: "essa estrada vai dar onde?", ou "onde você vai com tanta pressa?"

Nada, neca. Eu odeio academia, assim como odeio boate. Mas essa é outra história.

3 comentários:

Nandinha... disse...

Eu odeio Boate, e odeio lugar cheio, mas acho que isso se deve ao fato de eu ser muito pequena, todo mundo é mais alto ai parece que me falta o ar nesses lugares... rsrsrsr

Mas academia, bem... Eu só fiz dança, vários anos, e lugar onde tem mais de 3 mulheres fazendo a mesma coisa é impossivel não ter assunto pra pelo menos 2 horas... rsrsrs

Vi disse...

Eu tb voltei pra academia por esses dias... Mas por ser uma individualista inveterada, eu não tenho tanto problema. Claro que o esquema da competição me deixa um tanto quanto irritada. Mas o interessante é que na competição pela beleza suprema, eu nem estou no páreo, então não me aborrece tanto assim.
Eu tb não tenho tanto saco pra ficar malhando minha bunda... Mas as tais condições de saúde tb me exigem malhar pro resto da vida.
Mas eu adoro correr pra lugar nenhum com minhas músicas...

paula barros disse...

Gosto desse Paulinho que pensa assim.
beijinhos.