sexta-feira, 7 de dezembro de 2007

Inédito!

É fato conhecido na sabedoria popular mundial que as canetas BIC nunca duram. Você, com certeza, já perdeu várias e eu também. As que duram, acabam perdendo a tampa e/ou aquela tampinha do fundo. Ou pior, quebram-se.

Porém, há no mundo alguns seres iluminados que conseguem romper barreiras e quebrar paradigmas. Uma dessas pessoas sou EU!

Como diria o nosso eterno fanfarrão Luiz Inácio Lula da Silva, "nunca na história desse país" alguém conseguiu manter intacta uma BIC até que sua carga acabe. Sem nenhum quebradinho. Sem rachaduras. Com a tampa de cima. Com a tampinha de baixo. Sim, eu consegui!






Acho que vou pedir minha inserção no The Guiness Book of Records de 2007.



Fotos de Roberto Fleury

4 comentários:

paula barros disse...

Nunca vou concorrer com vc,independete da marca, perco logo a tampa, depois a caneta ainda cheia. Posso concorrer no quesito levar as canetas dos outros.
Foi legal a idéia de mostrar a foto.Gostei da foto e do sorriso.
Parabéns iluminado!
bom final de semana bjs

Diego disse...

Que momento hein Mesquita!
Eu, pela primeira vez na carreira, também tive a honra de acabar com uma BIC. Mas, infelizmente, antes de chegar a esse feito, perdi a tampa da caneta.
Parabéns... vc merece entrar no Guiness Book mesmo!

lucas disse...

essa foto soh pode ser montagem!!!! huahuahuhau

Aninha disse...

hahahahahaha.. é, realmente vc merece estar no Guiness, mas tem uma coisa.. A caneta pode estar bonitinha, sem rachaduras nem nada, mas que a tampa levou algumas várias mordidas, ahhhh levou, a foto entrega!