terça-feira, 5 de junho de 2007

Quanto?*

Por quantas vezes quis dizer que te gosto e não fiz?
Por quantas vezes fiz e sonhei que você também me queria?
Ah, maldita e traiçoeira imaginação!
Quantas vezes minha mente te viu dizer que sim, enquanto tua boca pronunciava não?
Quantas e quantas vezes senti sofrer meu coração?
Quantas vezes fantasiei que você era minha
Sem saber que de você eu nada tinha?
Por quanto tempo mais viverei assim?
Esperando o dia em que você se renderá a mim
Quanto tempo? Quanto?

(*Escrito em 2001)

4 comentários:

Diego disse...

Diz porraaaaa!!! Quanto???

kkkkkkkkkkkk

Flávia disse...

UAU! Fiquei sem fala agora.
hehe.
Bjs

Iêda disse...

Hoje farei um comentário sério!

Paul, que lindo!
Muito bonito mesmo.
Me deu até vontade de chorar!
Tão simples, tão real, tão cruel.. (kkk, não aguentei)
Voltando...

tá lindo!

beijos

Iêda disse...

foooooooooooi gatio!