sexta-feira, 29 de fevereiro de 2008

Ajuda

Acho engraçado como as pessoas têm vergonha de pedir ajuda, ou perguntar as coisas. Todo dia, aqui no trabalho vejo um pessoal meio perdido, procurando lugares que não sabem onde é.

Agora pouco mesmo, estava voltando de uma pauta e ouvi um menino atrás de mim falando ao telefone: "Esquerda? Mas sobe a rampa? Qual o nome mesmo?"

Olhei pra ele e vi que ele não tinha entendido nenhuma das instruções dadas por quem quer que fosse que estava ao telefone com ele. Pelo jeitão de estudante, papelzinho na mão, imaginei que estivesse procurando o setor de estágio. E ele não estava indo para o lugar certo.

Já estava um lance de rampa acima dele e resolvi voltar para ajudar. Desci, parei de frente para ele e perguntei: "Tá perdido, né? O que você tá procurando?" Ele respondeu que era mesmo o setor de estágio. Desci tudo de novo e fui deixá-lo lá na porta.

Ele agradeceu bastante. Disse que nunca ia encontrar o lugar (que de fato, é meio escondido). e eu voltei ao trabalho. Me senti bem ajudando os outros.

3 comentários:

Nana disse...

É que nem todos são sem-vergonha como você, cú!

paula barros disse...

Pedir ajuda é difícil. E muitos não tem disponibilidade para ajudar.
Muito menos de prestar atenção no outro e ajudar sem a ajuda ser pedida.
Continue assim, gente boa.
abraços

Lilian disse...

Passei pelo mês de março e cá estou em fevereiro.Leio tudo, já passei pelo outo blog.Como consegue tempo para tudo isso?
Beijos