segunda-feira, 29 de junho de 2009

O Google e a preguiça

Não me sinto velho o suficiente (ainda) para falar em “minha geração”, mas é certo que depois da internet – e acho que a minha geração é uma das primeiras a ser totalmente conectada, vide que tenho conexão em casa desde 1997 quando o esquema ainda era discado e todo mundo deixava para se conctar no mIRC depois de 0h pra pagar um pulso telefônico só – as gerações surgidas são cada vez mais preguiçosas, incluindo a minha.

E um dos principais responsáveis por essa preguiça, na minha opinião, é o Google. É tudo muito fácil, muito à mão. Qualquer dúvida que se tenha é rapidamente respondida pelo “oráculo”. Pra que saber quem é o presidente do Chile, se basta uma googlada para o nome de Michele Bachelet aparecer.

Me dei conta disso nas últimas semanas, quando fizemos um processo de seleção aqui na empresa onde trabalho. Um questionário breve e bobo pode render pérolas absurdas. Um dos itens do questionário era sobre presidentes. Pude constatar algumas coisas: muita gente ainda acha que Fidel é o governante de Cuba, ninguém conhece a chilena Michele e, mesmo após toda a confusão com possíveis filhos, ninguém sabe dizer que Fernando Lugo preside o Paraguai.

Ainda nos presidentes, todo mundo sabe dizer que Obama é o presidente norte americano. Só que ninguém escreveu seu nome completo. Barack é praticamente um desconhecido.

Outra coisa engraçada – pra não dizer triste: Vocês conhecem Sara Mago? Nem eu. A pergunta era sobre o escritor português José Saramago, mas uma das criaturas que fez o teste escreveu assim, como se fosse uma mulher de nome Sara e sobrenome Mago. É mole?

Outra: “Albert Einstein é um grande cientista”. Isso, até minha irmã de seis anos sabe. Mas ninguém se deu ao trabalho de dizer em que área das ciências trabalhava Einstein. Até porque, imagino eu, as pessoas pensem que ciência é um louco, em um laboratório, com vários tubos de ensaios coloridos que, se misturados, causam uma explosão. Nenhuma pessoa teve a coragem (ou a inteligência) de falar sobre a teoria da relatividade. Pode? Além de uma figura que escreveu “Ainstem”.

Bom, tudo isso pra dizer que as pessoas não têm mais preocupação em realmente saber, conhecer, e ter aquilo gravado na cabeça. Culpa do google que traz todas as respostas facilmente? Em parte, sim. Mas credito muito também à educação de casa/escola que não estimula o conhecimento, a curiosidade e nem incentiva a busca pela informação.

É o que eu penso. Afinal, não saber quem é Saramago, Einstein e desconhecer presidentes de países importantes é um tanto absurdo, não?

9 comentários:

Fernando disse...

kkkkkkkkkkkkkkk
Isso é sério?
Conhecimentos gerais se transformaram em conhecimentos "internetais"?

A falta de informação de qualidade (por problemas de desinteresses das pessoas)tem se tornado um "tornado" em seleções e corridas por vagas.

Adorei a crítica social...
Hehe!

Vamos ler mais meu povo!
De que adianta pesquisar o nome do Presidente do Chile se vc não conhece nada sobre a história do cara?
Ele não é apenas um homem. Tem toda uma longa caminhada por trás de como ele chegou ao cargo. E saber isso é ter conhecimentos gerais e bem fundamentados.

Paolim... vc é um super crítico.
Tah perdendo tempo em não escrever um livro.

Rê :) disse...

Sara Mago

hauhauahuahauah!

Se minha mãe lê isso, morre.

Hahahahahah!

Madame Mim disse...

Muito bom esse texto.
Ainstem é pra matar.
bjo

Nandinha... disse...

hahaha, eu tenho uma pior, de hoje mesmo, estou eu no "bus" -local onde se ouve de todos os absurdos possiveis e impossiveis- uma mulher fala com a outra nossa: "Você viu o video daquela moça sendo assassinada, um em que ela leva um tiro e morre na frente das cameras?" a outra responde que sim, ai vem a pérola, a primeira mulher me solta um "Gente é como é possivel o Lula dizer que o Brasil está melhorando, ainda bem que essas coisas acontecem só no Rio se fosse aqui em Minas acho que não sairia mais de casa"

Quase morri, tendo em vista é claro que elas se referiam a a jovem eraniana Neda, que morreu durante o protesto.

A coisa tá feia é pra todo lado, tendo em vista que as mulheres referidas acima não tinham mais que 30 anos, o que me leva a crer que ultimamente nem ouvir estamos conseguindo mais com clareza...

Fala serio....

lucas disse...

po, não sei como as pessoas viviam sem o google!!! Mesmo...

RC disse...

O problema não é exatamente o sujeito não saber quem é Saramago ou que Fidel "cedeu" o poder ao irmão. É que isso tudo reflete a perda da capacidade crítica das pessoas. Elas são ótimas coletoras de dados e péssimas analistas. E o resultado... bem, as perspectivas são assustadoras.

Baú disse...

Irmão, lamentável o desempenho destes aspirantes-a-sei-lá-o-que!
Para quem viu CQC ontem, pôde perceber que mesmo o pessoal do legislativo não sabe ao menos o que é Lei Maria da Penha. A situação é triste e alarmante.
Dona Sara da Silva Sauro Mago foi foda. Esse pessoal precisa ler jornal!
falow beijao

Madame Mim disse...

Saudações Alvinegras! :)

paula barros disse...

Eu só sei que seria reprovada....acrescente a isso uma enorme falta de interesse em saber nome de Presidente.

Mas agora vou pesquisar mais no google. rsrsr