segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Na cozinha

Vocês conhecem o Blog Gastronomix? Lá é o espaço onde o jornalista Rodrigo Caetano foge um pouco da rotina diária do jornalismo e se dedica a uma outra paixão: a culinária. Além de comida, o blog também fala de drinks - às sextas, com Juliana Raimo - e música - às quartas, com Rosualdo Rodrigues (minha seção preferida).

Mas bem, falei do Gastronomix para (além de fazer uma propaganda do Rodrigo) dizer que vez ou outra eu também me dedico à culinária para fugir um pouco da rotina. Esse final de semana foi um exemplo disso. Me enfurnei na cozinha para preparar o almoço de domingo. Meu objetivo era preparar o prato que batizei como "Frango da Natália", homenagem à minha namorada e cobaia dos meus experimentos culinários.

O "Frango da Natália" nada mais é do que um peito de frango com molho de mostarda servido com arroz branco e mini salada de rúcula e tomate cereja.

Então, vamos aos ingredientes de uma porção para dois e sem muitas medidas. Tudo foi feito meio que no olho:

O FRANGO
Um peito de frango cortado em cubinhos

Tempere o frango com limão e sal. Doure cebola e alho no azeite e leve o franguinho para a frigideira.

O MOLHO
Creme de leite
Limão
Mostarda
Pimenta do Reino
Azeitona

A proporção é mais ou menos de 10 colheres de sopa de creme de leite, umas 8 de mostarda e umas 2 de limão. A pimenta do reino fica à gosto. Misture tudo em uma tigela.

É importante frisar que eu gosto de deixar o gosto da mostarda bem evidente. Se você não gostar, pode diminuir a quantidade dela.

A SALADA
Folhas de rúcula
Tomate cereja

Depois do frango pronto, adicione o molho à panela e faça a mistura. Sirva com arroz branco e a saladinha. Para beber, servi o espumante Rio Sol Rosé.

Modéstia à parte, ficou tudo uma delícia! E Natália aprovou!!


O prato montado


Mesa posta, com espumante e água

3 comentários:

Mosca 1 disse...

Juro que achei que fosse um capeletti!!

paula barros disse...

Paulinho, estou rindo e me lembrando de quando comecei a ler seu blog, rindo com as transformações pessoais, as vivências, o amor, o amadurecimento.....é bom acompanhar assim o "meu filhote".

Fiquei com água na boca com esse prato.

beijo, tudo de bom para você e muitos e muitos momentos assim.

Iêda disse...

e eu que duvidava da sua capacidade!!!